Publicado em

Leite de amêndoa e baunilha

O primeiro livro que adquiri sobre leites de “frutos secos” e sementes foi em 1997, intitulado “Not milk… Nut Milks!” de Candia Cole. Aconselho vivamente a quem tem intolerância a leite, não consome leite por ser vegan ou simplesmente porque quer experimentar novos sabores.
Neste livro há muita informação sobre frutos secos e sementes… os seus beneficios, adoçantes naturais, fortificantes naturais, e receitas! Muitas receitas e combinações deliciosas e claro: saudáveis.
São fáceis de fazer, é só apanhar o jeito! É preciso ter um copo liquidificador, algum tipo de fruto seco (amêndoa, caju, noz, castanha do maranhão, etc) – mas atenção que têm de estar no seu estado cru! Não podem ser torradas, salgadas etc…, água engarrafada e um coador muito fino.

Para mim há algumas regras básicas..

1º O “fruto seco de casca dura” que decidir usar deve sempre colocar de molho, escorrer e voltar a passar por água. Este processo vai fazer com que sejam mais fáceis de digerir, vai activar enzimas, remover qualquer sabor mais amargo sem as ter de assar. Frutos mais duros como as amêndoas, avelãs etc entre 4 a 8 horas, nozes, castanhas do Maranhão, etc 2 horas, cajus, pinhões e sementes 1 hora. A ideia é : quanto mais dura for mais tempo de molho.
2º Usar sempre água engarrafada. Devido á pureza da água, assim pode conservar o leite por mais tempo.
3º Guardar o leite num recipiente limpo e hermeticamente fechado. Eu uso um frasco daqueles de compota de 1 litro, lavo bem em agua a ferver antes de usar. Pode conservar, no frigorífico, entre 2 a 4 dias se estiver bem frio.
4º Medidas – Normalmente 1 chávena de frutos secos de casca dura e 4 chávenas de água engarrafada.

 
[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

Faz 4 chávenas

  • 1 chávena de amêndoas demolhadas
  • 4 chávenas de água engarrafada
  • uma pitada de (vai ajudar na conservação)
  • ¼ de uma vagem de baunilha
  • agave, tâmaras, mel, açúcar castanho a gosto
  • opcional: 1 colher de sopa de lecitina de soja (um fortificante natural que alem de conter vitB entre outros nutrientes essências ajuda a dar “cremosidade” ao leite)
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco (ao contrário de outros tipos de gordura o óleo de coco devida à sua composição é mais provável que vá ser usado como energia do que guardado como gordura. Tem propriedades antibacterianas e antivirais, particularmente bom para impulsionar o sistema imunitário.http://www.naturalnews.com/023563.html

 

[highlight]RECEITA[/highlight]
Coloque todos os ingredientes num copo liquidificador. Tape bem, e bata por uns 3 a 5 minutos, até ficar tudo bem misturado.
Coloque um coador muito fino ( eu tenho um saco próprio para fazer este tipo de leite, mas no inicio usava um tecido de algodão por cima de um coador para ficar mesmo bem coado). Aperte bem para extrair todo o liquido. Prove, ajuste com mais adoçante se necessitar. Beba ou guarde no frigorífico.