Publicado em

Los Angeles parte 1- Erewhon Market

Quem me segue sabe que tenho um carinho especial pelos Estados Unidos. Foi lá que tirei o meu curso no Natural Gourmet Institute e que comecei o meu percurso de trabalho.

Mas hoje em dia quando viajo para lá é sempre para as bandas da California, mais precisamente Los Angeles. Isto porque o movimento “Saudável” começa todo lá. Seja em restaurantes, lojas especializadas de produtos naturais, sumos, mercearias.. uma perdição.

Eu sou daquelas pessoas que passa horas a fio numa mercearia saudável.. sem nunca me cansar e a tentar planear como vou conseguir levar tanta coisa na mala sem se estragar. Por isso começo o meu diário com o supermercado especializado Erewhon. Ai que perdição!!! Passei lá quase todos os dias.. e mesmo assim sinto que não vi metade. O Erewhon Market é uma supermercado dedicado a produtos naturais, o lema é “Se encontram aqui (o produto) é por que faz bem” e faz!!! Eles tem a melhor selecção de sumos naturais, leites vegetais.. todos feitos na loja a partir de produtos frescos e biológicos, as combinações são simplesmente espetaculares!! Tem comida para levar, tudo desde “Raw” a Paleo. Um café, onde servem café de pressão a frio “Cold brew” para ser menos acidico, lates naturais, gelado e smoothies feitos na hora.. tudo vegan claro!

Green Smoothie, Mafalda Pinto Leite

Podia passar horas a descrever cada canto daquele supermercado, mas menos que daqui a pouco vos perdia com tanto detalhe 🙂 Posso dizer que foi lá que provei pela primeira vez Dragon Fruit, aquela fruta cor de rosa forte (Pitaya) com sementinhas pretas.. como o Kiwi. Com um sabor nada intenso, bem agradável que a Graça adorou, nem que seja pela cor.

Pitaya, Mafalda Pinto Leite

Também lá que comprei uma quantidade excessiva de queijos veganos e crus que trouxe para Portugal para me inspirar para novas criações.

Queijos veganos, Mafalda Pinto Leite

Aqui fica a receita de Gelado Deusa Verde (adaptado por mim e pela Puro Sumo):

Gelado Deusa Verde, Mafalda Pinto Leite

1 chávena de gelo;
2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa crua Puro Sumo;
1 colher de sopa de Sementes de Cânhamo Puro Sumo;
1 colher de chá de Maca Puro Sumo;
1 colher de chá rasa de Spirulina havaiana Puro Sumo;
1/2 colher de chá de Baunilha em pó Puro Sumo;
Pitada de canela;
Agave Puro Sumo a gosto ou mel cru;
Leite de coco qb para misturar;

Colocar todos os ingredientes num copo liquidificador ou bimby.
Bater até obter uma consistência cremosa que se assemelhe a gelado.
Adicione leite de coco qb até obter a consistência desejada.

Polvilhe com Pepitas de cacau cru, pólen, amoras brancas, bagas goji.. o que desejar.

Publicado em

Cozinha Saudável: Beleza, Felicidade e Bem-Estar

 

E para quem não sabe o meu novo livro “Cozinha Saudável” já está disponível !
Podem encontrar com 10% de desconto e portes grátis aqui: Cozinha saudável: Mafalda Pinto Leite
Ou a partir de hoje em qualquer boa livraria. Espero que gostem! 😉

Publicado em

Bolachas de Gengibre

Faz 20 a 30

[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

125g de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
½ chávena de açúcar amarelo
1 colher de chá de baunilha
½ chávena de caramelo líquido
2 ¼ chávenas de farinha sem fermento
¼ chávena de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó
2 colheres de chá de gengibre em pó
1 colher de chá de cardamomo em pó
½ colher de chá de canela em pó
¼ colher de chá de pimenta preta moida de fresco
1 colher de chá de raspa de clementina ou laranja (opcional)

Cobertura
Açúcar em pó, qb
Umas gotas de sumo de limão

 

[highlight]RECEITA[/highlight]

Numa tigela da batedeira bata a manteiga com o açúcar amarelo por 5 a 10 minutos, até ficar bem cremosa. Junte a baunilha e bata mais um minuto. Junte o caramelo e incorpore.
Numa tigela pequena misture a farinha, cacau, fermento, gengibre, cardamomo, canela, pimenta e raspa se usar. Junte a mistura à tigela da batedeira e bata até começar tudo a unir-se e formar uma massa maçia. Embrulhe em papel aderente e guarde no frigorifico por 30 minutos ou de um dia para o outro.
Quando estiver pronto para fazer as bolachas, aqueça o forno a 180º. Forre dois ou três tabuleiros de ir ao forno com papel vegetal, reserve.
Retire a massa do frigorifico e deixe repousar uns minutos. Estenda a massa por entre duas folhas de papel vegetal polvilhadas ligeiramente com farinha, para não colar, até obter a espessura aproximada de 5mm.
Corte com as formas que desejar. E coloque nos tabuleiros preparados. Volte a colocar no frigorifico por 5 minutos para a massa voltar a ficar fria (vai fazer com que elas mantenham a forma). Leve ao forno por 8 a 10 minutos ou até começarem a ficar douradas. Retire do forno e deixe arrefecer por completo antes de decorar.

Para fazer a cobertura, coloque um pouco de açúcar em pó numa tigela (por volta de 4 colheres de sopa) junte umas gotas de limao e misture até obter a consistência desejada para fazer as decorações (tem de ficar uma mistura bastante espessa para não escorrer. Decore como desejar com a ajuda de um palito ou um saco de pasteleiro. Deixe secar e como ou ofereça

OBS:
Normalmente as bolachas de gengibre são feitas com Golden Syrup que não é um ingrediente assim tão facíl de arranjar. Optei por trocar por caramelo líquido, a venda em supermercados, e funcionou!!
Em relação ás especiarias usem as que mais gostarem, as que tiverem à mão..

Publicado em

PERU DE NATAL

10 pessoas

 

[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

Salmoura
5 litros de agua
2 ramos de alecrim
2 ramos de salva
4 folhas de louro
1 cabeça de alho,dentes separados
1 chávena de sal grosso
2 colheres de sopa de grãos de pimenta preta
1 chávena de açúcar amarelo
raspa de 2 laranjas
raspa de 2 clementinas

Colocar todos os ingredientes numa panela grande. Levar ao lume e deixar ferver até o sal e o açúcar ficarem dissolvidos. Retire do lume e deixe arrefecer completamente.

Marinada
1 garrafa de martini
1 garrafa de espumante
2 colheres de sopa de grãos de pimenta preta
4 cebolas cortadas em rodelas
1 cabeça de alho, dentes separados (pode ficar com pele)
6 ramos de salva
6 ramos de alecrim
6 ramos de tomilho
6 folhas de louro
4 limões , cortados em rodelas
4 laranjas, cortadas em rodelas
4 clementinas, cortadas em rodelas
2 clementinas, sumo
Peru com 6 a 8kg aprox.

Um dia antes de assar o peru prepare uma bacia grande (tem de caber o peru coberto com liquido) . Coloque o peru dentro da bacia e cubra com a salmoura coada. Junte os restantes ingredientes. Deixe ficar de um dia para o outro, vire de vez em quando.

Manteiga de ervas
250g de manteiga, temperatura ambiente
2 colheres de cha de tomilho picado, extra 15 ramos de tomilho
2 colheres de cha de alecrim picado
2 colheres de cha de salva picada
1 colher de sopa de compota de laranja amarga ou geleia de marmelo

 

[highlight]RECEITA[/highlight]

Misture todos os ingredientes, tempere com sal e pimenta. Reserve até necessitar.

Para fazer o molho
¼ chávena de farinha sem fermento

Coloque a grade do forno na posição mais baixa. Aqueça o forno na temperatura mais alta.
Retire o peru do balde e seque a pele com papeis de cozinha
Começando com a parte do pescoço do peru, coloque a mão por entre a pele, para a soltar. Barre 4 colheres de sopa da manteiga de ervas no peito do peru por debaixo da pele. Coloque o peru numa grade de assadeira. Tempere a cavidade principal com sal e pimenta. Coloque 4 colheres de sopa de manteiga normal e todos os ramos de ervas frescas, na cavidade juntamente com pedaços das clementinas, laranjas e limão.
Junte as coxas e amarre com fio de cozinha. Barre o exterior do peru com a restante manteiga de ervas. Tempere generosamente o peru com sal e pimenta.
Coloque o peru (na grade por cima de uma assadeira grande) no forno. Baixe a temperatura para 180º. Asse o peru por 30 minutos. Deite 1 chávena da marinada para dentro da assadeira. Asse por mais 30 minutos, regue com os sucos que vão saindo. Deite mais 1 chavena da marinada para a assadeira. Tape o peru com folha de aluminio quando achar que ele está dourado. Asse o peru por mais 1 hora e 30 minutos (ou até estar cozinhado no interior – vai depender do tamanho do peru e forno), repetindo o processo de regar com a marinada e sucos cada 30 minutos. Transfira o peru para um prato de servir e deixe descansar por 30 minutos.
Passe os sucos que ficaram na assadeira por um coador para uma tigela.
Numa frigideira derreta as 2 colheres de sopa de manteiga com ervas reservada. Adicione a farinha e mexa com um batedor de varas por 6 minutos ou ate a mistura começar a ficar dourada. Vá adicionando aos poucos a base do molho que estava reservado. Aumente o lume e mexa por 10 minutos ou ate ficar espesso e cremoso. Baixe o lume e deixe borbulhar por 10 minutos ou ate reduzir para 4 chávenas. Prove e ajuste o tempero com sal e pimenta se necessitar.

Publicado em

Pão de baunilha recheado com chocolate

[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

500ml de leite morno (se estiver quente vai “matar” o fermento)
(pode usar leite vegetal- eu gosto de usar amêndoa ou avelã)
1 vagem de baunilha, raspe as sementes do interior (ou uma colher de chá cheia de pasta de baunilha)
50g de fermento natural (duas embalagens) ou 2 pacotes de fermento de padeiro seco
½ colher de chá de sal
200g de açúcar amarelo (pode usar 150g de açúcar de coco)
200ml de quark, iogurte grego natural ou natas (eu prefiro usar quark -pode encontrar no Lidl pois é mais magro)
100g de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
1kg e 500g de farinha sem fermento (tipo 65) – Eu uso metade espelta branca e a outra espelta integral

RECHEIO
200 de chocolate de culinária, picado (atenção para ver quantas gramas de açúcar tem.. o minimo que consigo encontrar é de 12g..os restantes tem todos 31gr minimo)
50g de açúcar amarelo (substituir por açúcar de coco)
1 boa pitada de sal (usei flor de sal)
40g de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
raspa de 1/2 laranja (opcional)

 

[highlight]RECEITA[/highlight]

Aqueça o leite e coloque a vagem de baunilha e sementes, deixe criar infusão por minimo 10 minutos. Retire a vagem. Dissolva o fermento no líquido (já morno), Deixe repousar por 5 minutos ou até comecar a espumar (sinal que o fermento está a funcionar).

Deite a mistura de leite numa tigela da batedeira, junte o açúcar, sal e quark, iogurte ou natas.

Adicione a farinha alternando com a manteiga. Batendo bem entre cada adição para incorporar a manteiga. Junte farinha suficiente para a massa ficar maçia e húmida mas que não cole aos lados da tigela (atenção para deixar a farinha incoprorar-se na massa, se adicionar farinha a mais vai tornar o pão duro e seco! É preciso ter paciencia). Tape a massa com um pano de cozinha humido e deixe levedar por 1 hora ou até duplicar em tamanho.

Enquanto isso faça o recheio:

Pique o chocolate e coloque-o num robot bata até obter pedaços maiores e o restante esteja em pó. Junte o açúcar e sal, volte a bater para incorporar. Adicione a manteiga e bata até obter uma pasta. Reserve.

Pré-aqueça o forno a 180º graus.

Vire a massa do pão para uma superficie de trabalho polvilhada com farinha. Estenda a massa de maneira a obter um rectangulo comprido. Polvilhe uniformemente com a pasta de chocolate. Enrole a parte mais comprida de maneira a obter um tronco/cilindro. Belisque as dobras da massa, para colar e não sair o recheio.

Com uma faca afiada corte ao meio em comprimento. Faça uma trança desses dois pedaços. Volte a beliscar as pontas da massa para as “colar”. Coloque num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal.

Pincele o pão com um ovo batido com 2 colheres de sopa de quark, iogurte ou natas. Polvilhe com açúcar extra se desejar.

Leve ao forno por 45 a 60 minutos ou até estar dourado e cozinhado no interior..Se começar a ficar dourado mas não estiver cozinhado no interior cubra com papel de aluminio para não queimar.

Publicado em

Tarte de Clementinas

Serve 6 a 8

[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

Massa da tarte
150g de manteiga sem sal
1/3 chávena de açúcar fino (pode substituir por açúcar de coco)
1 colher de cha de essência de baunilha Puro Sumo
2 chávenas de farinha sem fermento (pode usar espelta ou aveia)
2 colheres de água fria

Recheio
1 chávena de açúcar fino (pode usar 3/4 de chávena -ou menos-de xarope de acer)
3 laranjas, sumo
6 clementinas, sumo
8 ovos
2 gemas
1 embalagens de natas frescas
1 colher de sopa de raspa de clementina

 

[highlight]RECEITA[/highlight]

Aqueça o forno a 180º. Coloque a manteiga, açúcar, baunilha e farinha num robot. Bata até a mistura se assemelhe a migalhas de pão. Com o motor a trabalhar, adicione agua até começar a aderir. Retire do robot e forme uma bola com as mãos e achate, embrulhe com papel aderente e guarde no frigorifico por 30 minutos ou até 2 dias.

Numa superficie polvilhada com farinha estenda a massa, com a ajuda de um rolo de próprio. Cuidadosamente, transfira a massa para uma tarteira com fundo amovivél (aproximadamente 20cm) corte os pedaços grandes para ajustar à forma. Coloque no frigorifico por 10 minutos.

Leve ao forno tapada com papel vegetal e pesos (feijão ou arroz cru). Retire os pesos e papel e cozinhe por mais 10 minutos até começar a ficar dourada. Retire do forno e reserve.

Baixe a temperatura do forno para 140º.

Para fazer o recheio, coloque o açúcar, sumo de laranja e clementina numa panela média em lume baixo. Misture até o açúcar se dissolver. Adicione os ovos, gemas e natas. Cozinhe mexendo por 8 a 10 minutos ou até ficar espesso (cobrir a parte de trás de uma colher de pau). Junte a raspa de clementina. Deite o recheio dentro da tarte. Leve ao forno por 30 minutos ou até começar a ficar firme. Retire do forno e deixe arrefecer. Coloque no frigorifico ate ficar firme.

Decore com clementinas caramelizadas e sirva.

Dica: se o recheio não estiver a engrossar retire ½ chávena do recheio quente e misture com uma colher de chá bem cheia de maizena. Volte a juntar à panela com o liquido e continue a mexer até engrossar.