Publicado em

Pão no tacho

Faz 1 pão grande

Esta é a minha versão do pão “no knead” do Jim Lahey Sullivan St Bakery.

Vale a pena fazer este pão!!! Gosto muito de pão e cada vez mais é difícil encontrar pão “caseiro” sem conservantes em Portugal. Eu, por acaso nem posso reclamar, pois tenho a sorte de morar numa zona aonde o pão é maravilhoso e em muitos locais ainda se cozem em forno a lenha… Mas mesmo assim não há nada melhor do que pão feito em casa!! O que o Jim Lahey fez foi conceber um “forno falso” dentro de uma panela de ferro que fica a aquecer num forno á temperatura máxima durante 30 minutos antes de colocar a massa do pão para cozer.

A massa do pão passa por um processo lento e prolongado de fermentação que faz com que tenha aquele sabor maravilhoso e tão típico de quem trabalha com fermento natural mas na realidade utilizando um fermento químico. O bom desta receita é que pode utilizar uma panela de ferro ou uma panela com um fundo grosso e tampa que possa ir ao forno ou uma panela de barro. Comprei a minha panela de barro no IKEA por um preço muito acessível!! E passou a ser a minha panela do pão J

Outra vantagem é que pode usar o tipo de farinha que desejar…eu usei estas variedades porque simplesmente as tinha na despensa e é uma boa maneira das escoar  alem de ter um produto final mais saudavél e nutritivo! Mas usem o que quiserem..farinha de trigo sem fermento..integral..espelta..serraceno..é um mundo de combinações!! Podem também juntar ervas, alho, cebola caramelizada, frutos secos, fazer pão doce com chocolate, etc…

A dica é organizar!!! A massa deve ser feita na noite anterior a cozer o pão, demora menos de 5 minutos. No dia seguinte ,2 horas antes de colocar o pão no forno, tem de virar o pão para um pano bem peneirado e deixar levedar (não tem trabalho nenhum!), aquecer a panela virar o pão lá para dentro e “voilá” pão caseiro delicioso!!

 

[highlight]INGREDIENTES[/highlight]

  • 2 1/2 chávenas (600ml) de água morna
  • Pedaço pequeno de fermento fresco (do tamanho de uma ervilha) ou 1/4 colher de chá de fermento de padeiro granulado (aqueles das saquetas)
  • 2 colheres de chá de sal marinho
  • 1 colher de sopa de mel ou açúcar amarelo
  • 2 chávenas de farinha de espelta
  • 1 chávena de farinha de quinoa
  • 1 chávena de aveia
  • 2 chávenas de farinha de trigo sem fermento

 

[highlight]RECEITA[/highlight]

Coloque água numa tigela grande. Misture o fermento com os dedos para ter a certeza que ficou bem dissolvido. Junte o sal e mel, misture. Junte as farinhas e misture com uma colher de pau até que esteja tudo incorporado. Atenção que a mistura é para o liquido, não caia na tentação de adicionar mais farinha!! Tape com um pano de cozinha e deixe levedar, a temperatura ambiente, durante a noite.

No dia seguinte polvilhe bem uma superfície de trabalho com farinha. Vire a massa, que vai estar pegajosa, por cima da farinha. Pegue nas pontas da massa e dobre 4 a 8 vezes para o meio da mesma, peneire com mais farinha sempre que necessitar.

Peneire bem um pano de cozinha com farinha, coloque a massa por cima, polvilhe o topo com mais farinha, dobre o pano por cima da massa, coloque dentro de uma tigela media e deixe levedar por 2 horas (já deixei levedar só por 1 pois não tinha tempo e funcionou!). Cerca de 30 minutos antes de o tempo final de levedar aqueça o forno no máximo e coloque a panela lá dentro. Quando for a altura certa retire a panela (com muito cuidado, pegas e tal ) retire a tampa e vire o pão (delicadamente) para dentro da panela quente. Tape e volte a colocar no forno. Coza durante 30 minutos, retire a tampa e cozinhe durante mais 15 a 20 minutos, até estar dourado a gosto. Retire da panela e deixe arrefecer se aguentar, pois eu não consigo…nada melhor do que pão quente com manteiga!!